• Mia fez esta doll
    Adotável
    Base por Beeyu

  • Spectra fez esta doll
    Adotável
    Base por Jubs

  • Mia fez esta doll
    Não adotável
    Base por Mia

  • Mia fez esta doll
    Adotável
    Base por Mia

Quer ajudar o site a continuar no ar? Contribua com uma doação - qualquer valor ajuda e nós agradecemos muito!

Conhecendo a equipe: Vick

Olá!~

Meu nome é Victória, mais conhecida como Vick, paulistana de 14 anos! Viciada em moda, k-pop e jogos.

Devo ter conhecido o mundo doller lá por 2007/09, quando minha irmã me mostrou o site, passei muitos dias aqui brincando nos dollmakers, mas não tentei fazer nada durante aquela época. Depois de 2 anos, fiz minha primeira doll, só que tinha um problema: eu não sabia fazer cabelos então todas minhas dolls eram carecas, até que depois de um ano eu finalmente fiz a minha primeira doll com cabelos.

(Uma doll de 2011)

 

Tempo vem, tempo vai e, finalmente, eu entrei no meu primeiro fórum doller, o Dreaming Dolls. Sério, uma das melhores decisões que eu fiz na minha vida doller, foi uma época que eu evoluí muito.

Em 2012, percebi que  DD (Dreaming Dolls), estava cada vez mais parado e todo mundo estava usando um Endestadt, um fórum brasileiro. Criei uma conta e comecei a postar, outra decisão boa que tomei, até hoje, muito do que eu evoluí foi por causa do conteúdo e das pessoas que me ajudaram. Essas são minhas dolls mais atuais e que tenho carinho ♥

   

 

Bases: Lilly Tam/Lika/SteamFish/Baseless

Bem, por hoje, é só isso~ ♥

Especial: Pixels por aí

Está acontecendo em São Paulo a FILE (Eletronic Language Interacional Festival) no SESI. A mostra sobre arte e linguagem digital reúne mais de 330 obras sobre o tema em várias categorias diferentes, como instalações, jogos e animações. Fazem parte da exposição três trabalhos em Pixel Art no formato .gif apresentados em tablets, todos criados pelo artista Paul Robertson.

Paul Robertson – Creation

Paul Robertson - Data

Paul Robertson – Data (clique na imagem para ver maior)

Paul Robertson – Expedition (clique na imagem para ver maior)

 

Veja outros trabalhos do artista em seu tumblr: http://probertson.tumblr.com/.

Os pixels têm se popularizado mais recentemente e ganharam espaço para crescer. Apresentações como essa dentro de uma mostra de arte provam que eles podem ser tão sérios e criativos quanto qualquer outra forma de expressão visual, assim como também podem ser um meio de diversão.

Pra quem quiser conferir ao vivo a exposição – que vale muito a pena:

 

FILE – Galeria de arte do SESI-SP.

De 16 de junho a 16 de agosto, todos os dias das 10 às 20h. Entrada gratuita.

Mais informações em: http://www.sesisp.org.br/cultura/exposicao/file-sao-paulo-2015.html