• Mia fez esta doll
    Adotável
    Base por Beeyu

  • Spectra fez esta doll
    Adotável
    Base por Jubs

  • Mia fez esta doll
    Não adotável
    Base por Mia

  • Mia fez esta doll
    Adotável
    Base por Mia

Quer ajudar o site a continuar no ar? Contribua com uma doação - qualquer valor ajuda e nós agradecemos muito!

Resenha: O Caso dos Dez Negrinhos

Olá, povo! Como vão?!

Eu já falei tanto de Agatha Christie, mas nunca fiz uma resenha realmente dela. Hoje é o dia! Na realidade, o livro foi tão publicado que existem muitas edições diferentes dele. Peguei a mais nova, a qual mudou o nome de “O Caso dos Dez Negrinhos” para “E Não Sobrou Nenhum”, sendo fiel ao seu nome em inglês.

E Não Sobrou Nenhum
Agatha Christie (And Then There Were None)
Literatura estrangeira, Mistério, Suspense
Autora: Agatha Christie
Editora: Globo
Sinopse: Dez pessoas diferentes recebem um mesmo convite para passar um fim de semana na remota Ilha do Soldado. Na primeira noite, após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime oculto cometido no passado. Mortes inexplicáveis e inescapáveis então se sucedem. E a cada convidado eliminado, também desaparece um dos soldadinhos que enfeitam a mesa de jantar. Quem poderia saber dos dez crimes distintos? Quem se arvoraria em seu juiz e carrasco? Como escapar da próxima execução?

E o livro é…

O livro é para quem realmente gosta de algo que prenda atenção, apesar de ser meio sinistro e conter muitos assassinatos, os mais inesperados possíveis, os que nos deixam mais intrigados, deixam nossa respiração presa e… Enfim, é um livro diferente, que só a diva da Agatha, denominada a “Rainha do Crime”, pode fazer! :)
A história do livro começa com dez pessoas sendo convidadas para ir à ilha do Sr. Owen – alguém que não se lembram de imediato, mas imaginam que sejam um amigo antigo, um companheiro do exército. O importante é que foram convidados e tem o hotel e comida de graça. (Quem recusaria?)
Ao chegarem à ilha, não encontram o Sr. Owen, e sim dois de seus criados, que apenas receberam ordens. A primeira noite é a mais tensa até agora, onde os criados são ordenados a colocarem um disco; quando os convidados ouvem, se arrepiam; os assassinatos que cometeram, por mais profundamente que estavam escondidos, estavam sendo ouvidos. Além disso, em cada quarto, há uma poesia infantil sobre dez negrinhos. O que acontece com cada negrinho, dá um sinal do que pode acontecer com cada morador da casa; morrer.
Então, começa uma tensão e desconfiança imensa de cada convidado na casa; eles não podem ir embora, o barco que os levou desapareceu; não há avião. Apenas uma casa cheia de pessoas morrendo de medo, desconfiadas e começando a ficar loucas – sim, é tenso, mas é legal!! =D
O livro se desenrola nisso. Obviamente, o culpado é quem menos esperamos, mostrando o poder da “Rainha do Crime”.
Não se assustem! rsrs (brincadeirinha :B)

Agatha Christie tem muitos (muitos mesmo) livros publicados, alguns mais famosos e clássicos como Assassinato no Expresso Oriente e Os Cinco Porquinhos.

Bem, povo, é isso! Até semana que vem ;)

Para sugerir outros temas para a tag Resenha, vai lá na comunidade do Dolls no Orkut!

2 comentários

  1. anna luiza / Maio 31, 2011

    a capa do livro tava meio… a sei la mais echei legal essa ideia :)

    Responder

Deixe seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com um *.


*


Pular para a barra de ferramentas